terça-feira, 3 de março de 2015

Desolador  foi o choro
Foi a gota de água límpida
escorrendo pelo rosto da criança
que ouvira o estampido de uma bala
 
Ouviam-se soluços de medo
Tristeza travestida de inocência
Impotência foi o que senti
De ter
[que suportar aquela dor de outrem
 
E sempre ela
a bala-pivô
transformando-se em números
 
Inúmeros casos
 
Um assalto
no Castelo
No Cosme nem Damião
 
Mais um na Dois
E mais treze  no Cabula
Quantos óbitos?

0 comentários :

Postar um comentário